Notícia
27/7/2022

Incêndio florestal consome matas no entorno de Monlevade

Desde o dia 23, último sábado, um incêndio florestal vem consumindo matas de formação mista – eucalipto e mata nativa nas divisas dos municípios de João Monlevade, Itabira e Bela Vista de Minas em área pertencente à ArcelorMittal.
Apesar de, conforme anunciou a empresa, ter iniciado o combate ainda no sábado, já são mais de 100 horas de incêndio que, com o clima propício, vem se tornando cada vez mais difícil seu controle.
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, que estão no terceiro dia apoiando o combate com 11 efetivos CBMMG, 2 Guardião Bioma e 3 da Brigada ArcelorMittal, totalizando 16 homens, além de 4 veículos, sendo viaturas e veículos de combate e 1 caminhão pipa.
Ainda segundo o CBMMG, foi solicitado apoio da ArcelorMittal para fornecer uma retroescavadeira para a realização de aceiros.
Até o momento, conforme relatório do 2º Sargento CBMMG Alexandre Ribeiro, coordenador da atividade, um posto de comando ainda não havia sido estabelecido.
Estima-se que até o momento cerca de 30 hectares tenha sido consumido pelas chamas.

Riscos

João Monlevade amanheceu totalmente tomada pela fumaça e fuligem.
Além do risco à saúde causada pela inalação dos gazes oriundos da fumaça, que atingem principalmente as crianças e idosos, os incêndios ainda trazem outro risco preocupante. Trata-se da invasão de animais peçonhentos na cidade, já que fugindo do fogo, na maioria das vezes esses animais buscam proteção nas casas, principalmente nas mais próximas à áreas florestais.

Temporada de incêndios e planejamento

Conforme amplamente divulgado pelos órgãos competentes de previsão de clima e tempo, já se sabe que a tendência é cada vez maior o risco de grandes incêndios florestais, fato já ocorrendo não só em Minas Gerais, como no Brasil e no mundo.
Portanto, diante dessas circunstâncias é necessário que, principalmente a essas empresas que detêm grandes áreas de floretas, providenciem a criação de Brigadas Florestais robustas, com equipamentos sofisticados incluindo aeronaves para o combate em áreas de difícil acesso, como no caso referente à matéria acima.