Notícia
29/5/2022

São Gonçalo assume Estação Ambiental de Peti

São Gonçalo assume maior Estação Ambiental do leste mineiro.

Estação Ambiental de Peti será administrada pelo município por meio de Termo de Cessão junto a Cemig.

A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo assumiu, a partir do dia 18, a Estação Ambiental de Peti junto à Cemig por meio de Termo de Cessão.

Com mais de 500 hectares de extensão, a Estação Ambiental teve o início de sua construção em 1942 e inauguração em maio de 1946 e possui, em sua extensão, área remanescente de Mata Atlântica.

Participaram da assinatura do Termo de Cessão em cerimônia no gabinete do prefeito Raimundo Nonato de Barcelos (Nozinho), o vice prefeito Leandro Amora de Castro, o gerente de Ativos de Geração Leste, Ronildo Garcia de Castro, o gerente de Gestão Ambiental Rafael Fiorine e o agente de Relacionamento Institucional, Lucimar Lucas Queiroz.

Também estavam presentes secretários municipais, vereadores do município além de autoridades regionais como o prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage.

Com a cessão, a Prefeitura assume todas as benfeitorias e edificações que compõem a infraestrutura da Estação: portaria, casa de Visitas, capela, restaurante, centro de Pesquisa, alojamentos 1, 2 e 3, campo de futebol e quadra de vôlei/peteca, Centro de Manejo de Animais Silvestres e trinta e três viveiros.

A usina de geração de energia, barragem e casa de força continuam sob administração da Cemig. A Cemig GT, Cemig Geração Leste e Cemig Distribuição terão livre acesso às estruturas ligadas à geração e distribuição de energia, tais como, barramentos, TVR, casa de força, linhas de distribuição e qualquer outra, por meio de servidão administrativa das vias de acesso interno ou qualquer outro meio necessário, mesmo após a cessão dos terrenos para o município.
Com o termo, a Prefeitura se obriga a utilizar a área de 500,69 hectares exclusivamente para o funcionamento de uma Unidade de Conservação Municipal.

O gerente de Ativos de Geração Leste da Cemig, Ronildo Garcia de Castro, a cessão da Estação Ambiental para o município, restabelece ações e programas ambientais diversos. “A Estação foi um importante meio de formação de profissionais e áreas de estudos ambientais que agora podem ser restabelecidos pelo município”, disse o gerente.
O prefeito destacou que o momento é muito importante para a cidade, que reverte os recursos da mineração para promover o desenvolvimento sustentável no município com a cessão de Peti pela Cemig. “A manutenção da Estação Ambiental de Peti pelo município será importante também para a melhoria das ações em Educação Ambiental e também fonte de pesquisa para acadêmicos”, disse.

Nozinho ressaltou, ainda, que com a Estação de Peti São Gonçalo tem a oportunidade de fomentar o turismo ecológico e ambiental na região, um grande passo para transformar o município em referência de sustentabilidade.