Notícia
11/12/2020

O famoso “Pica-pau-verde-barrado”

Por João Sérgio

Caros amigos leitores do Tribuna, nessa edição vamos lhes apresentar o pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochlorus).
Esse belo pica-pau ocorre em todo Brasil extra-amazônico, sendo um dos pica-paus mais comuns do nosso país, ocorrendo em todos municípios da bacia do Piracicaba.

Já pude observá-lo naquela posição típica dos pica-paus, aquela que ele fica trepado verticalmente, "escalando" um prédio abandonado, há uns 10 anos, na região central de BH. Devia estar procurando alimento ou algum lugar pra nidificar, creio eu.

Aliás, esse pica-pau tem sido cada vez mais visto dentro de grandes cidades. Fique de olho aí na sua pois com um pouco de sorte poderá ter o privilégio de ver um bem de pertinho, como mostram as fotos que ilustram nossa coluna. O exemplar da foto, diga-se de passagem, é um macho. Notem o "bigode" vermelho na continuação do bico, essa é a característica distintiva dos sexos nessa espécie.

Os pica-paus normalmente são ariscos, mas se encontrarmos algum se alimentando, geralmente conseguimos ótimas aproximações e podemos assim contemplar esse habilidoso marceneiro vencendo o tronco em busca das larvas que vivem em seu interior.

Uma curiosidade muito legal é que os pica-paus possuem uma espécie de amortecedor cerebral, para que as fortes pancadas que eles dão na madeira não afetem seu cérebro. Sua língua também é adaptada para procurar seu alimento dentro dos troncos, sendo proporcionalmente enorme, além de possuir um visgo natural.

Espero que todos estejam bem e que no nosso próximo encontro, estejam ainda melhores!
Saúde e paz para todos!